Início > Cerveja, Home Brewer > Concurso Nacional – O dia mais intenso da cultura cervejeira brasileira

Concurso Nacional – O dia mais intenso da cultura cervejeira brasileira

O cenário cervejeiro no Brasil esta tomando forma e isso pudemos ver neste final de semana. Nos dias 23 à 25 de junho aconteceu o 6º Concurso Nacional das Acervas, com o intuito de trazer informação técnica e de mercado para os cervejeiros caseiros do páis. Além do concurso de cervajas, rolaram palestras (como a já conhecida “Extra Malte” – projeto do “burgomestre” Sady – que contou com um bate-papo entre Juliano Mendes, Samuel “Bodebrown” e Arlindo Guimarães – três cervejeiros que geram muitos comentários no meio).

Outras duas grandes palestras foram com o designer e cervejeiro Randy Mosger, abrindo o campo de visão para se criar uma cultura cervejeira de renome.Relatos de ex- cervejeiros caseiros, hoje com suas cervejarias no mercado, mostram que o caminho que temos que percorrer é difícil, mas valioso.

Antes de iniciarem as palestras, recebemos a importante notícia que um Deputado Federal que esta criando no parlamento uma frente cervejeira para valorizar a bebida no país e, principalmente, mostrar que ultrapassa os limites de uma bebida simplesmente alcoólica, podendo ser também fonte de alimento e trazer benefícios à saúde tanto quanto o vinho ou, até mesmo, medicamentos fitoterápicos.

O ponto principal desse encontro ocorreu com a festa de encerramento e premiacão do consurso, mostrando a capacidade dos cervejeiros nacionais e o alcance que essa bebida poderá atingir. Como o evento contou com a parceria de grandes cervejarias (Dado Bier, Falke Bier e Bierland) e das ousadas Bodebrown, Season Coruja e Way, foi possível vislumbrar o que futuro reserva ao mundo cervejeiro, principalmente se observado sob a ótica das mais diversas e mirabolantes receitas dos produtores caseiros, que não decepcionaram ninguém.

Um único ponto negativo deve ser destacado. Como sempre, alguns problemas sempre acontecem, como imprevistos com chopeiras e barris – afinal, tratava-se de concurso e festa de cervejeiros caseiros, conhecidos como “professores pardais” da iguaria -, mas nada que não pudesse ser contornado com facilidade. O que mais me chamou a atenção e desagradou, contudo, foi a quantidade de cervejas “furtadas” durante o evento. Muitos se acharam no direito de poder levar uma “lembrancinha” pra casa – já que o evento inteiro era self service e com bebida à vontade.

Sobre isso, não preciso dizer mais nada, já que sempre preferi pedir – mesmo acabando por ser criticado por alguns -, do que passar pelo vexame de ser visto como “larapio” por conta de duas ou três garrafas que poderiam ser facilmente adquiridas por qualquer um dos ali presentes, principalmente se levado em conta que a inscrição para o evento apontava para pessoas com maior potencial aquisitivo.

Fora estes pequenos imprevistos – e desabafo, que talvez poucos entenderão e alguns se ofenderão -, o evento foi impecável e dará muito trabalho para as próximas sedes que irão recebê-lo.

Como disse no twitter: “Quem não veio ao 6° Concurso Nacional das ACervas perdeu um dos finais de semanas mais intensos da história cervejeira do país!”. Foi algo mágico e com certeza um dos melhores eventos que já rolaram desde que a cerveja passou a se mostrar valiosa aos brasileiros.

Nos dizeres do amigo Sady: “que a fonte nunca seque!”

Saúde para todos e Viva La Revolucion!

Anúncios
Categorias:Cerveja, Home Brewer

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: